segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Resenha Dupla: A vida naquela hora/ Duas tardes

Hoje o post é especial e traz resenha de dois livros do escritor paulista João Anzanello Carrascoza: “A vida naquela hora” e “Duas tardes”. Embora os dois livros sejam de contos e apresentem a escrita poética do autor, o tema das duas obras é diferente: enquanto a primeira foca mais nas pequenas descobertas e no crescimento de personagens jovens, a segunda se volta para a melancolia de cenas corriqueiras.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

E o tema é... Cinco biografias/documentários de artistas femininas

Faz tempo que não pinta um post da coluna “E o tema é...” por aqui, né? Adoro fazer listas e seleções, mas ultimamente não estava encontrando nada que valesse a pena, ou, quando encontrava, não tinha tempo para montar o post. Enfim... hoje apresento a vocês as 5 biografias/documentários sobre artistas femininas que vi nos últimos dias. Simbora!

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Resenha: Ainda estou aqui


Já faz 2 semanas que terminei de ler “Ainda estou aqui” e não consigo escrever uma resenha decente. Falando bem superficialmente (afinal, preciso começar por algum lugar), em seu novo livro Marcelo Rubens Paiva mescla memórias particulares com acontecimentos da história pública recente do país em uma narrativa que resgata lembranças de sua infância feliz, tenta entender sua juventude conturbada e procura montar o quebra-cabeça do passado de sua família em busca de pistas que lhe ajudem a trilhar uma nova fase de sua vida.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Resenha: As Intermitências da Morte


Um dia, cansada de ser odiada pelos humanos e disposta a mostrar a eles o quanto são ingratos, a morte decide fazer greve. Estupefatas diante da novidade de não haver mais falecimentos, as pessoas comemoram. Mas a alegria dura pouco. Logo o caos se instala e é constatado que a morte tinha um papel crucial na sociedade. Enquanto o governo tenta controlar os cidadãos e acalmar os empresários dos mais diversos segmentos, a morte reflete, decide negociar e tenta resolver seus próprios problemas existenciais.

sábado, 14 de novembro de 2015

Filme: Magical Girl


O filme começa em uma sala de aula. Uma menina estava passando um bilhetinho enquanto o professor falava e ele percebe. Pede então para a garota ler o bilhete (que falava mal dele) e lhe entregar – só que o papelzinho havia sumido. Corta para uma garota dançando uma música japonesa em frente ao espelho. A garota desmaia. Corta para um homem vendendo livros por quilo, que logo ficamos sabendo que é o pai da criança desmaiada. Ela tem pouco tempo de vida; ele está disposto a fazer o impossível e o impossível para vê-la feliz em seus últimos dias. E assim tem início a trama que eu imaginei que seguiria pelo caminho da superação, mas que me surpreendeu por enveredar por vielas bem mais escuras.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

TAG: Filmes que não queríamos ver, mas amamos!

Quem nunca implicou com um filme mesmo antes de assistir e depois acabou gostando? Ou viu um filme só porque já tinham te indicado mil vezes e você fingia ignorar... e no fim se arrependeu de não ter visto antes? Então. As meninas do Bloco X/Omelete fizeram um vídeo sobre esse tema e eu achei bem bacana. Inspirada no vídeo delas, decidi criar uma tag com o mesmo nome: Filmes que não queríamos ver, mas amamos!


segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Resenha: Pessach - A Travessia


Em “Pessach: A Travessia” acompanhamos o escritor Paulo Simões em uma série de compromissos que ele deveria cumprir no dia de seu 40º aniversário: ir ao escritório para falar com seu editor, visitar a filha no internato, passar pela casa dos pais para o almoço protocolar, aproveitar para dar um pulo na casa da ex-esposa, receber um colega que dizia ter um assunto urgente para tratar. A cada parada, uma surpresa. O dia que parecia ser apenas mais um igual a tantos outros se transforma no início de uma grande mudança.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Leia o Livro, Veja o Filme: Eu Sou a Lenda

O LIVRO: Eu Sou a Lenda

Uma estranha epidemia se espalha rapidamente pelo mundo. Cidades são evacuadas. Os infectados se transformam em criaturas noturnas. Num mundo desolado, Robert Neville é o único ser humano a vagar por ruas vazias atrás de comida e suprimentos, lutando contra a solidão, o medo, a desesperança e os seres que atacam à noite. Cada dia é uma longa batalha pela sobrevivência e pela sanidade mental. Mas será que vale a pena?

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Chegou em Casa - Outubro/2015

Olás!

Outubro foi o mês do meu aniversário, o que significa vários livros novos!


‘Alien’ e ‘Rinha de Gatos’ eu ganhei do meu primo (que conhece bem meus gostos). ‘As pequenas virtudes’ e os marcadores fofos de gatinho foram presentes da Ju, dos Espanadores. ‘Oliver Twist em quadrinhos’ foi um presente indireto da MiH (ela me deu o ‘Johnny Cash em quadrinhos’ – mas eu já tinha e, quando fui trocar, me apaixonei pelo traço dessa adaptação do Dickens). Obrigada, meninas! Vou deixar na prateleira de baixo da estante para ler logo!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

O que rolou... Outubro/2015

Oi, gente!


Outubro foi um bom mês. Finalizei 9 livros, vi 12 filmes, terminei (e resenhei!) 1 série e vi outra inteirinha. Para alegria geral da nação (ou não), consegui manter postagens razoavelmente regulares e até ressuscitei os posts de tags. Foi ou não foi produtivo?